Notícias


Encontro Internacional do Bandoneon mantém tradição viva em Passo Fundo

O tradicional evento que dissemina e mantém a técnica dos bandoneonistas é organizado e idealizado por Plinio Menna Barreto
29/04/2019

A noite de sábado (27), em Passo Fundo, foi especial aos amantes do bandoneon, quando aconteceu a 16º edição do Encontro Internacional do instrumento. Artistas de várias cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e de países como Argentina e Uruguai se apresentaram no Salão de Eventos do Colégio Notre Dame.


O tradicional evento que dissemina e mantém a técnica dos bandoneonistas é organizado e idealizado por Plinio Menna Barreto. Tio Mena, como é conhecido, falou sobre a emoção de concretizar mais uma edição do Encontro, que chegou a ser cancelado em 2017 por falta de apoio. “É muito feliz que possamos levar essa tradição a diante. Passo Fundo deve se orgulhar do título que tem”, disse. Tio Mena


O bandoneon é um instrumento de origem alemã que se tornou popular primeiro na Argentina, com as orquestras de tango, e acabou se espalhando por toda a América do Sul. Com tanto envolvimento e participação, desde 2013 Passo Fundo leva o título de Capital Estadual do Bandoneon. A estreita relação do município com manifestações culturais e a representação dos artistas que se utilizam do instrumento foram fundamentais para a matéria, proposta na Assembleia Legislativa, ser aprovada.


Entre as apresentações, que aconteceram em formato de orquestras, duos e solos, estava a do jovem Augusto, de oito anos, da cidade de Pomerode, que encantou a plateia ao tocar um solo da música ‘Casamento da Doralice’. Artistas das cidades de Indaial e Três de Maio também participaram.



Com informações do Jornal Diário da Manhã / Thaís Viacelli Biolchi

MAIS NOTÍCIAS