Notícias


Justiça libera realização de eleições pelo MTG

O pleito estava embargado, a pedido da delegada apura suspeitas de desvios de recursos públicos
10/06/2021

Com parecer favorável do Ministério Público e da Polícia Civil, a justiça decidiu liberar a realização das eleições para escolher o novo presidente do MTG. O pleito estava embargado, a pedido da delegada que apura suspeitas de desvios de recursos públicos envolvendo Manoelito Savaris, um dos candidatos a presidente, que nega qualquer irregularidade. Suas contas bancárias e bens, que estavam bloqueados, também foram liberadas. 

A atual gestão, através de proposta do vice-presidente Campeiro Adriano Pacheco, tentou realizar eleição online. Porém, a sugestão foi rejeitada pelo Conselho Diretor, em dezembro. Venceu a ideia proposta por Savaris, do pleito presencial e regionalizado, inviabilizado por causa da pandemia.

No final de março, após operação que cumpriu buscas na casa do ex-presidente, a justiça havia embargado  a eleição para evitar riscos ao inquérito, caso o investigado fosse eleito. O inquérito segue e Savaris diz que nada foi encontrado em sua residência. O próximo passo  da apuração é a análise da quebra do sigilo bancários dos investigados.

Além de Manoelito Savaris, concorrem a presidente Silvania Affonso e Fabiano Vencatto.

Com informações de Giovani Grizotti - Repórter Farroupilha.

MAIS NOTÍCIAS